4 sinais de que o seu curso é medicina veterinária

O curso de medicina veterinária é destacado principalmente pelos cuidados com a saúde e bem-estar dos animais. Nesse sentido, o amor incondicional pelos bichos deve ser um pré-requisito fundamental para a atividade.

No entanto, existem outras particularidades essenciais para se tornar um bom profissional veterinário.

Se você está pensando em entrar para o curso de medicina veterinária, mas não tem certeza se a carreira é ideal para você, continue a leitura e veja os 4 principais sinais de que esse é o seu curso!

1.Ter afinidade com animais de todos os tipos

O principal ponto, sem sombra de dúvidas, é ter afinidade com os animais. Imagine que você está escolhendo uma carreira cujo paciente é o animal e será uma escolha para o resto da sua vida.

Se você não gostar do seu paciente, provavelmente serão anos de angústia e grandes possibilidades de infelicidade.

Mas não é apenas ter afinidade com os animaizinhos bonitinhos como cachorros, gatos e lebres. Tem que ter afinidade com todos os tipos de animais, pois se trata de um profissional especialista na área, assim como um médico atende a todos os tipos de pacientes sem distinção de raça, gênero ou religião.

Então, gostar de qualquer tipo de animal é determinante, contudo não é o único fator para que se faça o curso.

2. Saber tomar decisões friamente

O profissional veterinário terá que lidar com diversas situações envolvendo a saúde do animal como acidentes, maus tratos, doenças e outros tipos de casos que sejam altamente graves e necessite o sacrifício.

Para isso, é muito importante que o veterinário esteja preparado e saiba tomar decisões friamente para não perder o controle emocional nos momentos difíceis diante dos sofrimentos dos animais.

Curso de Medicina Veterinária

3. Gostar de assuntos relacionados à biologia e bioquímica

Quem pensa em fazer o curso de medicina veterinária é importante gostar de assuntos relacionados à biologia e bioquímica.

Isso porque os primeiros anos do curso introduzem os alunos a conceitos biológicos e as matérias serão basicamente bioquímica, biofísica, anatomia, citologia, histologia, farmacologia e parasitologia.

Ou seja, se o estudante não apreciar essas áreas do conhecimento, provavelmente não vai sobreviver aos anos iniciais.

4. Rotina de trabalho

A rotina dos profissionais veterinários é diferenciada de outras. Ela comumente tende a ser cheia de compromissos, árdua e exigindo muita dedicação, sendo que, muitas vezes, o veterinário é acionado em qualquer hora do dia.

Por isso, para seguir a carreira, é necessário ter muita responsabilidade, comprometimento e compreensão dos sacrifícios exigidos na profissão.

Há muitas oportunidades de crescimento na área, no entanto, é importante que se faça um bom curso para uma carreira de sucesso, e de preferência em uma instituição de ensino que seja autorizado pelo MEC.

Agora que você identificou os 4 sinais que o curso de medicina veterinária é ideal para você, procure mais informações sobre a carreira, converse com profissionais da área e descubra mais sobre os pontos positivos e negativos.

E aí, gostou do nosso post? Então leia mais e conheça 6 cursos da área da saúde que podem ser para você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *