Descubra como é feita a avaliação dos cursos de graduação pelo MEC

Você sabe qual curso vai prestar no vestibular, mas ainda não escolheu a sua universidade? Essa escolha requer muito cuidado, pois do contrário você corre o risco de optar por uma instituição de baixa qualidade e, nos piores casos, que não ofereça um diploma válido no mercado de trabalho. Por isso, checar a avaliação do MEC é fundamental para não cair em uma cilada.

O Ministério da Educação faz três tipos de avaliação: para a autorização da criação de um novo curso, para reconhecimento e renovação. Esses processos avaliam desde a grade curricular até os recursos físicos disponibilizados para a graduação.

Após serem avaliadas, as instituições de ensino recebem notas de 0 a 5, sendo que aquelas com pontuação abaixo de 3 não são consideradas satisfatórias e podem sofrer sanções do MEC. As universidades com nota 3 são regulares, aquelas com 4 são boas e as com 5 possuem nível de excelência.

Quer fazer uma escolha segura? Confira abaixo como o MEC avalia os cursos de graduação!

Critérios de avaliação para criação do curso

A avaliação para conceder a autorização é realizada quando uma instituição de ensino solicita ao MEC permissão para abrir um curso. O processo é feito por dois avaliadores, que normalmente são sorteados entre os profissionais que estão cadastrados no Banco Nacional de Avaliadores (Basis).

Os avaliadores se baseiam em parâmetros previamente determinados para analisar as instituições visitadas. A graduação a ser aberta é avaliada em três dimensões, tais como:

  • as instalações físicas, bem como prédio, sala de aula, biblioteca e laboratórios destinados ao curso;
  • o corpo docente e técnico-administrativo;
  • a organização didático-pedagógica.

Critérios de avaliação para o reconhecimento

Depois de ter o seu curso autorizado e iniciado, a universidade deve entrar em contato com o MEC para pedir a avaliação de reconhecimento quando a primeira turma entrar no período que representa a metade da graduação.

O objetivo dessa avaliação é certificar-se de que o projeto pedagógico que foi apresentado no ato da autorização está sendo cumprido. A comissão formada por dois avaliadores do Basis julga os seguintes quesitos:

  • a qualidade do corpo docente;
  • a qualidade do corpo técnico-administrativo;
  • as instalações físicas;
  • a organização didático-pedagógica.

Critério de avaliação para a renovação do reconhecimento

Essa avaliação é feita continuamente, sendo aplicada a cada três anos, conforme indicado pelo ciclo do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). Nela, faz-se o cálculo do Conceito Preliminar do Curso (CPC) — que analisa a qualidade dos cursos com conceitos de 1 a 5, e é aplicado para cursos presenciais e de educação a distância.

Os aspectos considerados nessa etapa são:

  • resultados do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) — que é uma prova aplicada aos alunos para analisar o nível de conhecimento e habilidades relacionadas à graduação;
  • opiniões dos estudantes sobre o curso, que são conferidas a partir do Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD);
  • a titulação e o regime de trabalho do corpo docente;
  • a organização didático-pedagógica;
  • infraestrutura do curso.

Os cursos que obtiverem notas entre 1 e 2 terão que ser avaliados pessoalmente a partir da visita de dois avaliadores durante dois dias. As graduações que não fizerem o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) terão que, obrigatoriamente, serem visitados pelos técnicos.

Para saber se a instituição de ensino do seu interesse está bem colocada na avaliação do MEC, consulte a plataforma e-MEC e pesquise pelo nome da universidade. Aquelas com as notas entre 4 e 5 são as mais indicadas, pois possuem uma qualidade ensino estável, evitando problemas ao longo ou depois da sua graduação.

Gostou deste post? Então assine a nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos diretamente no seu e-mail! Se inscreva para o processo seletivo aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *