As habilidades mais exigidas pelo mercado de trabalho

Podemos definir como competências profissionais as capacidades, habilidades e conhecimentos que um indivíduo tem e oferece ativamente ao mercado de trabalho.

Quem deseja conquistar uma posição competitiva, garantir a sustentabilidade e manter a carreira em constante crescimento, deve buscar o desenvolvimento contínuo dessas aptidões. Afinal, o mercado está sempre evoluindo e os profissionais não podem ficar estagnados — ou seja, é preciso evoluir também.

Para que você aumente as chances de conseguir um lugar de destaque no mundo corporativo, elaboramos um artigo que vai ajudá-lo nessa importante missão. Continue a leitura e saiba mais sobre as habilidades mais exigidas pelo mercado de trabalho!

 

Qual a importância do desenvolvimento de competências profissionais?

As competências profissionais são elementos fundamentais para o desempenho de uma determinada ocupação — e não estão resumidas apenas ao conhecimento técnico adquirido na universidade.

De acordo com artigo publicado na WorkLife, no atual cenário de recrutamento, ganha destaque o perfil comportamental em relação ao técnico.

“Desde a época da escola, aprendemos a resolver os problemas de forma distinta. As provas e atividades eram separadas por cada matéria e assunto. Na profissão e na vida, temos que solucionar problemas de acordo com o conhecimento geral que temos sobre o assunto. Daí a importância de sermos multidisciplinares”, explica o gerente de Marketing do Centro Universitário Barão de Mauá, Marcelo Campos.

Isso é possível por meio das características de cada um. Se você deseja chegar à diretoria de uma grande companhia, por exemplo, de nada vai adiantar ter pleno domínio da rotina administrativa se faltar habilidade para se envolver com a gestão de pessoas.

Essas habilidades podem ser trabalhadas desde a faculdade, e o indivíduo deve buscar aperfeiçoar fora do ambiente universitário para conseguir se destacar. Afinal de contas, encerrar a vida acadêmica com notas elevadíssimas em todas as disciplinas, não é garantia de que o recém-formado seja um excelente profissional.

 

Quais as competências profissionais mais exigidas?

Veja abaixo uma lista com as habilidades mais valorizadas no mercado de trabalho.

 

Comunicação

A habilidade de se comunicar bem é a chave para profissionais técnicos trabalharem de forma integrada ao negócio. Afinal, são executivos que precisam traduzir toda a questão técnica de suas áreas para diferentes públicos, desde o pessoal da fábrica até o CEO da empresa.

 

Trabalho em equipe

Profissionais que não conseguem demonstrar a habilidade têm pouca aceitação entre os gestores. Comprovar espírito de equipe é condição para crescer na carreira.

 

Resiliência

Trata-se de uma habilidade que, normalmente, vem com a maturidade emocional. De qualquer forma, é importante o profissional desenvolver o quanto antes a sua capacidade de lidar com situações de crise e de oposição sem desanimar e deixar abalar a produtividade.

 

Comprometimento

Identificar e superar obstáculos de forma proativa é uma ótima maneira de demonstrar comprometimento com a empresa. Ir além do seu trabalho, pensar fora da caixa e sair da sua zona de conforto são qualidades muito bem recebidas atualmente.

 

Multidisciplinaridade

Na faculdade, as disciplinas até podem ser apresentadas em dias ou semestres diferentes, mas na rotina corporativa, o conhecimento adquirido de cada uma delas deve ser usado de forma integrada.

 

Intraempreendedorismo

A expressão que cabe aqui é “senso de dono”. O que as empresas buscam é alguém que abrace os projetos com responsabilidade e a motivação de um empreendedor.

 

Gerenciamento do tempo

Saber controlar e administrar o próprio tempo, entregando tarefas dentro do prazo, cumprindo as atividades sem prejudicar o fluxo de trabalho entre as equipes é uma característica cada vez mais apreciada pelas empresas.

O mundo está cada vez mais acelerado e o mercado de trabalho acompanha essa velocidade. Profissionais que dominam essa questão são muito bem-vindos em qualquer companhia e, além disso, demonstra organização.

 

Ser um bom ouvinte

Não basta apenas escutar o que o outro tem a dizer, é preciso compreender as mensagens, demonstrar interesse e questionar em caso de dúvidas. Ter respeito pelo outro e melhorar a relação interpessoal também são formas de aprender e até mesmo detectar possíveis problemas.

 

Autoconhecimento

Quem conhece o seu potencial, valor e capacidade, aprende a confiar em si mesmo e a respeitar os próprios limites — e para as empresas isso é ótimo. Pessoas que têm consciência sobre suas características tendem a tomar decisões de maneira mais segura, acertar nas escolhas, errar menos, manter a motivação e se relacionam melhor com as equipes.

 

Como desenvolver essas habilidades?

Se você não tem todas essas habilidades ou se interesse em se manter em constante evolução, temos algumas dicas para desenvolver as competências profissionais aqui listadas:

 

– Faça uma autoavaliação sobre os seus conhecimentos e identifique quais habilidades devem ser trabalhadas;

– Se dedique-se a cursos de pós-graduação e especialização para obter conhecimento teórico continuamente;

– Identifique suas forças e fraquezas, potencializando os aspectos positivos e corrigindo os negativos;

– Busque pelo feedback dos seus superiores;

– Tenha um plano particular para o seu próprio desenvolvimento;

– Aproveite toda e qualquer oportunidade de aprendizagem;

– Procure aprender com a experiência de colegas de trabalho que estão a mais tempo no mercado.

 

Desenvolver competências profissionais apreciadas pelo mercado de trabalho pode ser um desafio. Felizmente, pode ser vencido com sucesso quando a pessoa tem consciência dos investimentos que devem fazer na própria carreira.

Para que você continua recebendo informações atualizadas sobre essas e outras questões, assine a nossa newsletter. Aproveite nossos conteúdos para se manter competitivo no mercado!