Como ser freelancer na faculdade? Aprenda agora!

15 de maio de 2019

Postado por:

“Freelancer” é o termo dado aos profissionais autônomos, que não têm vínculos empregatícios com empresas e que guiam seus trabalhos por projetos e captação de clientes de forma independente. É por isso que trabalhar como freelancer enquanto se ainda está na faculdade é uma ótima forma de conseguir um dinheiro extra.

Além disso, por mais que estudar e trabalhar ao mesmo tempo exija um grande esforço, é algo visto positivamente por recrutadores e trará vantagens quando ingressar de vez no mercado de trabalho. Contudo, você sabe como ser freelancer na faculdade?

Para aprender, continue acompanhando este post. Aqui, você verá dicas de áreas de atuação e de organização para conseguir conciliar as duas tarefas. Confira!

Escolha uma área de atuação

Antes de encarar a dupla jornada e colocar a mão na massa, você precisa escolher que tipo de trabalho deseja oferecer.

Algumas áreas precisam de uma graduação completa para que você consiga exercê-las, então dê preferência aos segmentos os quais você pode adquirir as habilidades necessárias com cursos e especializações mais curtas, como tradução, revisão e redação, mídias sociais, ilustração, fotografia, entre outros. Se a educação for à distância, melhor ainda. Pois, assim, você não prejudica seu cronograma de faculdade.

Use uma agenda para se organizar

Depois de escolhida a área de atuação e iniciadas as produções, use ferramentas de organização para não confundir as tarefas do trabalho com as da faculdade. Quando se trabalha em casa, fica fácil perder a noção do fluxo de projetos e ter que lidar com muitas atividades ao mesmo tempo.

Lembre-se que o trabalho de freelancer é para ajudar você a conseguir um dinheiro extra e proporcionar um pouco de experiência sobre o mercado de trabalho e não substituir o compromisso que você já tem com sua formação.

Uma dica é escrever em uma agenda diária, semanal ou mensal tudo o que precisa ser concluído. Desse modo, conseguirá dar conta das atividades da faculdade e do novo trabalho como freelancer sem problemas.

Estabeleça limites de produção

Outra coisa importante no aprendizado de como ser freelancer na faculdade é criar limites para as suas produções. É parecido com o que dissemos no tópico acima: além de separar as atividades dos trabalhos e da faculdade, tome cuidado para não aceitar entregas demais e negligenciar as tarefas do seu curso.

Comece aos poucos, crie um limite mínimo de produção por dia para as atividades como freelancer e só aumente a carga se julgar que conseguirá manter tudo equilibrado.

Crie um espaço para realizar as atividades

Mesmo que você esteja acostumado a estudar em qualquer lugar da casa, com as atividades de freelancer não é bem assim que funciona. É importante reservar um local próprio para isso, que contenha todo o material necessário ao alcance das mãos.

Outra dica é estabelecer um horário fixo para desenvolver esses trabalhos, como depois de revisar as matérias das aulas do dia ou antes de ir para a faculdade. Desse modo, você será capaz de fazer bem o que precisa e não se sentirá cansado com a dupla jornada.

Essas são somente algumas dicas que o ajudarão em como ser freelancer na faculdade. Ao fazer isso, você terá uma renda extra para arcar com as despesas do curso, viajar com os amigos aos fins de semana ou, simplesmente, manter seu estilo de vida. Basta seguir o que citamos aqui que poderá conciliar as duas atividades sem problemas.

Gostou deste artigo? Então, compartilhe-o em suas redes sociais e mostre aos seus seguidores que você está por dentro do assunto!





Receba novidades em seu e-mail

Cadastre seu e-mail e receba em primeira mão novidades sobre cursos, artigos acadêmicos, processo seletivo e muito mais!